Homepage » Dicas » Bloquear o WhatsApp em caso roubo ou perda do Celular

Bloquear o WhatsApp em caso roubo ou perda do Celular

Se caso você perder o acesso ao seu aparelho de celular ou ao seu chip, por ter perdido ou sido roubado, o mais correto é bloquear o acesso do WhatsApp rapidamente com certeza você irá se protege contra terceiros mal intencionados.

A WhatsApp faz o backup de várias conversas pessoais e privada, que você já teve com seus amigos e familiares, com isso a perda do celular pode se tornar uma tragedia, pois qualquer um que encontrar seu celular poderá ter acesso a essas conversas que pode ser bem discretas e pessoais, e isso pode vazar.

Então, o correto é bloquear o WhatsApp no seu celular urgentemente, quando o mesmo for perdido. O detalhe agora é como fazer para bloquear o WhatsApp sem ter acesso ao celular fisicamente, o jeito é cadastrar o aplicativo em um novo aparelho com seu número atual, porém isso pode demorar pois você teria que resgatar um novo chip virgem junto a sua operadora pagar por ele, colocar crédito e só assim habilitar para que você tenha acesso ao seu numero de celular novamente.

Uma opção mais rápida que o WhatsApp fornece para bloquear é contatar a sua operadora para bloquear o seu chip, para que a pessoa com seu celular em mãos não tenha mais acesso a mensagens SMS, você deve seguir os passos abaixo:

  1. Abra seu e-mail
  2. Componha uma mensagem para o endereço support@whatsapp.com
  3. Coloque “Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta” (sem as aspas) como assunto
  4. No campo de texto, digite novamente “Perdido/Roubado: Por favor, desative minha conta” (sem aspas)
  5. Inclua o seu número de telefone no formato internacional

O formato internacional de um número telefônico brasileiro é +55XXYYYYYYYYY, onde XX é o código de DDD da sua área e YYYYYYYYY é o seu número de telefone. Então, se você mora em São Paulo, e seu número de telefone é 99999-9999, o número deve ser digitado como +5511999999999.

6. O resultado é esse:
Bloquear o WhatsApp em caso roubo

Espero ter te ajudado, compartilhe!

Artigos Relacionados:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *