Acabar com as Estrias Brancas ou Vermelhas

As estrias fazem parte da vida da maioria das mulheres, para total desespero delas.

As estrias são um problema indesejável para as mulheres, mas que comumente acontece, pois elas são provenientes da ruptura de fibras de colágeno e elastina que estão presentes na pele e são responsáveis pela sustentação e elasticidade da mesma. Este problema acontece porque ocorre uma distensão exagerada da pele ou devido a alterações hormonais ocorridas principalmente na puberdade.

Elas podem ser brancas ou vermelhas, sendo que as vermelhas ou com aparência avermelhada são as que estão em estágio inicial e as brancas já estão mais antigas na pele e que já não apresentam inflamação na pele daquele local e o tratamento para as duas é o mesmo. Não é possível acabar por completo as estrias, mas existem tratamentos que podem minimizar o problema, como por exemplo, o tratamento feito com ácidos, tipo o ácido retinóico que estimula a formação de colágeno e melhora o aspecto das estrias.

Acabar com estrias

Outro tipo de tratamento são os peeling que agem como os ácidos, porém de forma mais acelerada e intensa. A subcisão que é um tratamento no qual se introduz uma agulha grossa dentro das estrias e o movimento de vai e vem ajuda na formação de colágeno. A dermoabrasão também é um bom tratamento no qual se faz um lixamento da pele, também estimulando a produção de colágeno. A microdermoabrasão também estimula a regeneração da pele utilizando microcristais de óxido de alumínio.
Outro tratamento que pode ser feito é a intradermoterapia que usa injeções de substâncias dentro das estrias o que também estimula a formação do colágeno e ainda a microcorrente galvânica que é mais conhecida como STRIAT que tem o objetivo de provocar uma inflamação no tecido com estrias provocando sua regeneração.

Lembrando que todos estes procedimentos são feitos por especialistas, por isto converse com seu médico antes de tomar qualquer decisão.

Compartilhe isto:

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.